Princípios para uma educação feliz – Sabedoria

Em comemoração ao mês da criança, começaremos hoje uma série de 6 postagens referentes aos princípios norteadores do projeto pedagógico da Escola Caminho do Meio: Integralidade, Diversidade, Conhecimento, Sustentabilidade, Criatividade e Sabedoria. A cada postagem, um dos princípios será abordado. Que esse compartilhar seja de benefício! 

Sabedoria

Na cultura contemporânea, o conhecimento e a informação estão em voga, mas a sabedoria, tema preponderante para os antigos gregos, não tem um espaço de destaque. Na Escola Caminho do Meio, buscamos resgatar esses valores, essencialmente universais, conforme sistematizados na tradição budista e apreendidos a partir dos ensinamentos de Lama Padma Samten (2006), a saber: Sabedoria do Acolhimento, Sabedoria da Igualdade, Sabedoria Investigativa, Sabedoria da Causalidade e Sabedoria da Transcendência.

Esses valores não são apreendidos na Escola de forma discursiva ou moralista, mas como exercício prático para os próprios educadores, que podem educar as crianças a partir de seu próprio exemplo. Essas sabedorias, conforme descritas abaixo, são inseparáveis, mas serão aqui apresentadas de forma breve e sequencial.

Iniciamos com o exercício da Sabedoria do Acolhimento, abrindo um olhar para o outro, exercitando acolhê-lo a partir de seu próprio mundo, e não a partir de nossos conceitos prévios. Buscamos, de forma aberta, entender o mundo do outro e como ele surge a partir de seu próprio contexto.

Dessa forma, com a Sabedoria da Igualdade, percebemos que “o outro sou eu em outro mundo”, e a partir daí surge a sensação de que beneficiar o outro nos traz alegria, a alegria do outro é a nossa também, e o benefício do outro e do grupo inclui a nossa própria felicidade.

Em seguida, na Sabedoria Investigativa, observamos mais a fundo as experiências. Buscamos desenvolver uma atitude interna de olhar mais de perto nossas próprias emoções, o outro, os fenômenos ao redor. É preciso desenvolver foco e ampliar a capacidade de concentração. Esta é também uma atitude base para o aprendizado e a curiosidade científica.

Uma vez mais atentos, podemos acessar a Sabedoria da Causalidade, percebendo que todas as ações têm reações e que os fenômenos estão todos interligados em relações de causa e efeito. Podemos assim adotar uma postura ética não apenas moralista, mas ancorada em uma sabedoria vivencial ao perceber a causalidade. Podemos reduzir nossas ações negativas e ampliar nossas ações positivas não por repressão, mas por lucidez.

Por fim, podemos acessar a Sabedoria da Transcendência, através da qual podemos perceber que cada um de nós, cada ser humano, tem uma dimensão fundamental de liberdade, e que essa dimensão fundamental nunca é maculada. Seja qual for a circunstância externa, sempre há uma centelha de liberdade fundamental que permite superação, criatividade, liberação e a preservação dessa humanidade básica comum a todos.

 

Nesta playlist, o Lama Samten fala sobre as cinco sabedorias no contexto da Escola.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s