Atenção plena na escola: um importante e recente campo de práticas e pesquisas

Conhecimento de si, reconhecimento das próprias emoções, criação da capacidade de responder de maneira apropriada ao que surge na frente. Aprender a lidar com as emoções perturbadoras e gerar um hábito interno de vivenciar emoções positivas. Pesquisas rigorosas no campo da educação têm comprovado que esses temas, uma vez desenvolvidos nas escolas, junto às crianças, praticados pelos professores e introduzidos aos pais, podem gerar um impacto significativo em toda uma comunidade.

Essas foram questões abordadas no último dia 03.10, no Recife, em um encontro entre os pesquisadores norte americanos Mark Greenberg e Christa Turksma e o Lama Padma Samten, promovido pelo Instituto de Formação Humana, sob a coordenação do Prof. Dr. José Policarpo Jr., e sediado no Libertas Socializante. O ponto de convergência entre os convidados, que puderam dialogar com um público restrito num encontro próximo, foi a contribuição de práticas de atenção plena para a qualificação do processo educacional beneficiando diretamente crianças, professores, pais e comunidade.

Em sua exposição, Mark T. Greenberg falou sobre como o diálogo sistemático do Dalai Lama com cientistas ocidentais – do qual ele mesmo tem participado há quase quinze anos – tem sido central para a introdução de práticas contemplativas na agenda de pesquisas ocidental, inclusive do ponto de vista da legitimação do tema frente a instituições de fomento.

A partir desse diálogo, Greenberg tem pesquisado longitudinalmente os efeitos de práticas de atenção plena para o desenvolvimento emocional das crianças. A atenção plena tem sido trabalhada através de práticas meditativas, principalmente yoga. Para Greenberg, são variadas e criativas as maneiras que podem ser utilizadas para o desenvolvimento da atenção plena, não apenas a meditação. Ressalta que muitas tradições, incluindo o budismo, têm contribuições a dar neste sentido, e destaca o contato com a natureza, atividades físicas como danças, música e as práticas artísticas em geral. Ressalta como o próprio Buda desenvolveu meios hábeis específicos para o perfil e o temperamento de cada aluno que encontrou, e como é importante essa habilidade para os professores hoje. Greenberg destaca ainda a necessidade de secularização de tais práticas, que precisam ter seus benefícios explicitamente inseridos no contexto da cultura atual sem precisar incluir o aspecto religioso.

Segundo o pesquisador, a atenção plena já se tornou um campo de pesquisas consolidado, com centenas de artigos científicos publicados em diversas áreas tanto na Europa quanto nos Estados Unidos. Porém, predomina entre esses estudos a constatação dos benefícios individuais da atenção plena, como maior concentração ou maior resiliência a dores físicas. Por outro lado, os benefícios sociais e interpessoais oriundos do desenvolvimento da atenção plena ainda são um tema praticamente inexplorado. Para ele, o desafio é associar a noção de atenção plena ao desenvolvimento de uma atitude compassiva e de bondade amorosa, temas destacados pelo próprio Dalai Lama.

Em seu comentário, o Lama Padma Samten ressaltou a importância de a educação poder oferecer algo de realmente útil para as crianças, que não leve à frustração, seja aquela causada pela não inserção em um mercado de trabalho, ou aquela decorrente justamente da inserção, que uma vez efetivada, pode revelar-se igualmente como algo incapaz de promover felicidade duradoura. Descobrir as verdadeiras causas da felicidade é um tema com o qual a escola poderia prioritariamente ocupar-se.

Confira também (inglês):

Educating the Heart: The Dalai Lama on schooling that goes beyond the mind

The Dalai Lama and Mark Greenberg no youtube

 .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s